Motores Elétricos
Motor Limpador de Parabrisa

O limpador de parabrisas está completando 75 anos. Em setembro de 1926, a Bosch foi a primeira fabricante a colocar no mercado esse sistema, funcionando com motores elétricos. Até então, os parabrisas operavam de maneira artesanal.

O primeiro modelo era na verdade uma "régua de limpeza", que funcionava manualmente. Depois veio o limpador de parabrisas operado pneumaticamente, que limpava mais lentamente à medida que o veículo aumentava a velocidade. Hoje, após tantos anos de desenvolvimento, os sistemas mais recentes do limpador de parabrisas têm sensor de chuva automático e unidades de acionamento eletronicamente controladas, que oferecem a maior área limpa possível, mesmo com forte vento de frente.

Dicas de Uso e Manutenção
O motor limpador de parabrisa está ligado a um conjunto de hastes "link", onde são fixados os "braços" do limpador e nestes as palhetas, portanto para o funcionamento adequado de todo o sistema é necessário que as palhetas sejam trocadas a cada ano, pois uma palheta gasta vai exigir um maior esforço de todo o conjunto em virtude do maior atrito causado entre borracha e parabrisa.

Veja abaixo as características específicas de cada motor.
 
Motorredutor Tipo CEP
Características Técnicas

Tensão dos Motores: 12 VCC ou 24 VCC
Consumo Nominal: 7,5 A (Conforme torque)
Torque/Opções: 25 a 48 Nm (Torque máx.)
Sentido de Giro: L/R
Velocidades: 1 ou 2
Rotações máximo: 100 rpm
 
Motorredutor Tipo CHP
Características Técnicas

Tensão dos Motores: 12 VCC ou 24 VCC
Consumo Nominal: 3 A (Conforme torque)
Torque/Opções: 7 a 14 Nm (Torque máx.)
Sentido de Giro: L/R
Velocidades: 1 ou 2
Rotações máximo: 75 rpm
 
Motorredutor Tipo ADO
Características Técnicas

Tensão dos Motores: 12 VCC ou 24 VCC
Consumo Nominal: 2,5 A (conforme torque)
Torque/Opções: 5 a 10 Nm (Torque máximo)
Sentido de Giro: L/R (Oscilante)
Velocidades: 1
Oscilações: 40/min (máxima)

Fechar janela