Icon--AD-black-48x48Icon--address-consumer-data-black-48x48Icon--appointment-black-48x48Icon--back-left-black-48x48Icon--calendar-black-48x48Icon--Checkbox-checkIcon--clock-black-48x48Icon--close-black-48x48Icon--compare-black-48x48Icon--confirmation-black-48x48Icon--dealer-details-black-48x48Icon--delete-black-48x48Icon--delivery-black-48x48Icon--down-black-48x48Icon--download-black-48x48Ic-OverlayAlertIcon--externallink-black-48x48Icon-Filledforward-right_adjustedIcon--grid-view-black-48x48Icon--info-i-black-48x48Icon--Less-minimize-black-48x48Icon-FilledIcon--List-Check-blackIcon--List-Cross-blackIcon--list-view-mobile-black-48x48Icon--list-view-black-48x48Icon--More-Maximize-black-48x48Icon--my-product-black-48x48Icon--newsletter-black-48x48Icon--payment-black-48x48Icon--print-black-48x48Icon--promotion-black-48x48Icon--registration-black-48x48Icon--Reset-black-48x48share-circle1Icon--share-black-48x48Icon--shopping-cart-black-48x48Icon--start-play-black-48x48Icon--store-locator-black-48x48Ic-OverlayAlertIcon--summary-black-48x48tumblrIcon-FilledvineIc-OverlayAlertwhishlist

Este site utiliza cookies por motivos de funcionalidade, conveniência e estatística. Você pode alterar esta definição a qualquer momento, clicando em “Alterar definições.” Caso concorde com a utilização de Cookies, clique em "Sim, eu concordo".

Connected Mobility

Para um tráfego mais seguro

Tempo de leitura: 6 minutos

A mobilidade urbana hoje é considerada um dos principais desafios de gestão de algumas cidades brasileiras, isso devido ao crescimento populacional e, logo da frota de carros nas ruas. O volume de veículos no Brasil cresceu 400% em dez anos, conforme dados da FGV (Fundação Getúlio Vargas), numa pesquisa realizada em 2016. Entre as cidades brasileiras que mais sofrem com o crescimento desta frota estão São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Não apenas pelos congestionamentos, mas também pelo alto índice de acidentes.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), 1,25 milhão de mortes no trânsito são registradas anualmente em todo o mundo. No Brasil, os acidentes em vias públicas envolvem, por ano, cerca de 400 mil pessoas, sendo que mais de 45 mil não sobrevivem. Segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), 90% das ocorrências acontecem por falha humana.

Conectada à Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU – Organização das Nações Unidas – que estabelece 17 objetivos, o nº 3, que visa a assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, incorpora a meta de até 2020 reduzir pela metade as mortes e os ferimentos globais por acidentes nas estradas. A Bosch se identifica com essa iniciativa e trabalha na mesma direção para uma mobilidade mais segura e confortável. A empresa desenvolve soluções e tecnologias inteligentes para transformar a vida das pessoas e inova a relação que elas têm com a mobilidade.

Soluções inteligentes de assistência ao motorista são cada vez mais comuns

connected-mobility

Quantas vezes você já foi fechado (a) por outro veículo pela falta de indicação da seta ou até mesmo, sem a intenção, outro carro invade a outra faixa de rolagem?

Dispositivos que fazem o automóvel se manter dentro da faixa de rolamento já são uma realidade! O Lane keeping Support (LKS), desenvolvido pela Bosch, emite um alerta sonoro sempre que o carro se aproxima do limite da faixa de rodagem, sem que a seta esteja acionada. Caso o aviso não seja suficiente, a tecnologia ainda é capaz de corrigir a rota automaticamente, evitando que o carro saia da pista por distração ou sonolência.

Connected-mobility

A falta de visão traseira e a existência pontos cegos durante manobras em que a marcha ré está engatada pode resultar em colisões ou até mesmo em acidentes como o atropelamento de pedestres e animais de estimação. Considerada como item de segurança, hoje a câmera de ré está presente em vários modelos de veículos.

Além disso, a câmera de ré também é considerada um item de conforto e assistência ao condutor, pois facilita e agiliza situações de manobras e estacionamento em locais com pouca visibilidade ou muito apertados.

connected-mobility

A solução Automatic Emergency Braking (AEB) da Bosch tem o objetivo de reduzir em até 72% as colisões traseiras de carros com velocidade superior a 30 km/h, ou mesmo, mitigar consideravelmente o seu impacto. O sistema é formado por sensores e câmeras instalados, respectivamente, no para-choque dianteiro e no para-brisa, desta forma consegue analisar o tráfego e identificar possíveis obstáculos, ao ser acionado, o sistema inicia uma frenagem de emergência e alerta o motorista, se o condutor não responder ao aviso, o AEB automaticamente freia o carro evitando a colisão com outro veículo ou até mesmo com um pedestre.

E quando o assunto é segurança veicular, não podemos deixar de falar das motocicletas

connected-mobility

Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o número de motocicletas no Brasil é maior que o de carros em 45% das cidades. A região que lidera essa proporção é o Nordeste, onde a frota de motos chega a 7,49 milhões contra 6,67 milhões de carros.

Com o crescente número de motocicletas nas vias brasileiras o tema segurança veícular se torna foco. Pesquisas mostram que uma parte significativa dos acidentes com motos tem como principal causa as frenagens de emergência, executadas de forma errada ou hesitantes.

Não por acaso, em 2016, de acordo com dados do Observatório Nacional de Segurança Viária, foram registradas mais de 12 mil mortes em acidentes de

motocicletas, o que representa 32% de todas as ocorrências.

Para trazer mais segurança e ajudar a salvar vidas, o Antilock braking system - ABS para motos da Bosch, considerado o mais eficaz do mercado, possibilita uma frenagem segura e sem perda de estabilidade do veículo. Extremamente eficaz, o sistema evita o travamento das rodas, não pulsa ou endurece o manete a todo instante, e não influência no peso da motocicleta.

Atualmente, o ABS é encontrado em motocicletas a partir de 300 cilindradas. No entanto, o mercado de motos com baixa cilindragem (abaixo de 250), representa aproximadamente 90% da produção nacional.

A Bosch está ensinando o veículo a dirigir

Parte de um futuro cada vez mais próximo, o veículo autônomo e conectado provocará mudanças na rotina das pessoas e na forma como enxergam os meios de locomoção. Iniciativas de hoje e de amanhã vão revolucionar a forma como nos locomovemos nas grandes cidades.

Você já imaginou como será a mobilidade do futuro? Os prognósticos ainda não são precisos, mas montadoras e especialistas do setor automotivo avaliam que o veículo autônomo, estará à disposição dos consumidores na próxima década.

Ao promover um sistema totalmente autônomo e sem o motorista na direção, a Bosch quer melhorar o fluxo do tráfego urbano, aprimorar a segurança rodoviária e construir um importante alicerce para a mobilidade do futuro.

Entre outras coisas, a tecnologia aumentará a atratividade do compartilhamento de veículos, permitirá que os usuários façam melhor uso do tempo e abrirá novas oportunidades de locomoção para aquelas pessoas que não têm carteira de habilitação.

As soluções Bosch para a mobilidade urbana são o teaser de uma era que será habitada por veículos autônomos, capazes não apenas de se locomover pela cidade sem a necessidade de intervenção humana. Eles se comunicarão para melhorar o fluxo do trânsito, evitar acidentes e oferecer mais segurança, conforto e praticidade às pessoas. A relação do ser humano com a mobilidade será transformada. Na verdade, esse movimento já começou!