Indústria 4.0
Internet das Coisas

Manufacture 4.0 #LikeABosch

A Fábrica do Futuro está conectada #LikeABosch

A Internet das Coisas (IoT) torna a fabricação mais produtiva, rápida e fácil. Em uma das fábricas da Bosch, Shawn descobre como soluções de software e dispositivos inteligentes podem ser usados para utilizar todo o potencial da planta.

Shawn, nosso herói da IoT, sabe que tudo depende das conexões certas – não apenas em sua própria casa ou no trânsito, mas também na indústria 4.0. Caminhando pela fábrica do futuro, Shawn foi capaz de ver como as soluções Bosch e Bosch Rexroth conectam o processo de fabricação e o tornam compatível com IoT.

Inteligência em cada componente

Indústria 4.0 manufatura

Logo no início da sua visita, Shawn percebeu que, na fábrica do futuro, os seres humanos estão no controle total. Como as instalações e as máquinas são conectadas por meio da internet das coisas (IoT) e seus dados são lidos em tempo real, toda a cadeia de valor agregado encontra-se sempre transparente. Com uma visão geral clara, evidencia-se de forma rápida onde os recursos podem ser poupados e como os processos podem ser mais eficientes. Um exemplo disso é o CytroBox, uma unidade hidráulica compacta e de baixo ruído. Os sensores registram o filtro, óleo e status de acionamento e comunicam esses dados para sistemas de nível superior. Isso permite que o usuário sempre fique de olho nas operações da planta. Ele adapta automaticamente sua saída àquilo que é necessário, consumindo até 80% menos energia do que as unidades de acionamento que estão constantemente em operação. O projeto também é inteligente: a CytroBox é quase tão compacta quanto uma máquina de cartão de crédito.

Navegar em um mar de dados

Indústria 4.0 manufatura

A fábrica do futuro utiliza tecnologias complexas. Isso torna ainda mais importante que os responsáveis possam facilmente garantir que tudo ocorra conforme planejado. Isso pode ser feito com a solução de software NEXEED, que coleta, analisa e prepara uma visão geral dos dados de produção e de logística. Para obter uma perspectiva completa, Shawn recebe todos os dados de produção diretamente em seu tablet ou smartphone. Dessa forma, ele sabe exatamente o que está acontecendo em termos de produção e onde os materiais estão localizados. A Nexeed Energy Platform, por sua vez, converte registros de dados em indicadores-chave de desempenho tangíveis em eficiência energética e de recursos. Isso permite que as empresas comparem o consumo de dados de suas unidades, identifiquem os pontos fracos e implementem melhorias. Isso é bom tanto para a pegada de carbono quanto para o balanço patrimonial.

Manutenção Preditiva

Indústria 4.0 manufatura

Uma única falha pode paralisar linhas de produção inteiras. Isso pode ser particularmente complicado à noite, quando não há pessoal de manutenção na planta. Uma olhada na clássica bola de cristal ajudaria a reduzir as interrupções. O software NEXEED permite a manutenção preditiva, que é como ver o futuro: ele monitora dados de produção importantes 24 horas por dia e identifica desvios críticos. A máquina corre o risco de superaquecimento? Mostra sinais de desgaste? Nesses casos, o programa notifica o pessoal de manutenção da planta. O software pode, então, programar o tempo de inatividade da máquina afetada para realizar a manutenção. Isso pode ajudar a evitar interrupções de produção não planejadas. Shawn também gostaria de ter essas habilidades de clarividência.

Fluxo de material com o 5G

Indústria 4.0

Na realidade, apenas o piso, o teto e as paredes são fixos na fábrica do futuro; todo o resto pode ser alterado. As linhas de produção são compostas por módulos, o que possibilita sua modificação, ampliação ou redução durante a operação. No entanto, esse tipo de produção também requer um fluxo de material adaptável. Shawn descobriu rapidamente a solução para isso: na fábrica, o sistema de transporte autônomo ActiveShuttle com motores elétricos trazem os materiais para as linhas de produção.

Os ActiveShuttles podem ser conectados com diferentes padrões de comunicação e até mesmos são compatíveis com 5G. Eles possuem sensores a laser e são equipados com softwares que garantem a navegação segura pela planta, evitam obstáculos e frenam automaticamente diante de pessoas ou outras máquinas. Eles também podem se comunicar uns com os outros. Por exemplo, se um dos ActiveShuttle tiver de passar por um corredor que está bloqueado por uma empilhadeira, ele identifica isso como um obstáculo e avisa o resto da frota. Isso agora é um trabalho em equipe.

Os colegas robôs reduzem a carga de trabalho

Indústria 4.0 manufatura

Para que tudo na fábrica do futuro funcione perfeitamente, é necessário que haja um local onde os dados dos dispositivos conectados sejam processados: a Bosch IoT Cloud. Este é o cérebro, pode se dizer, do mundo da IoT. A nuvem permite que as máquinas se comuniquem com seu ambiente e realizem cada vez mais tarefas, inclusive as monótonas ou estressantes para os humanos. Durante sua visita à fábrica, Shawn viu muitos exemplos disso, sendo o seu favorito o Automatic Production Assistant, ou APAS. O robô móvel pode ser usado em diversos locais de trabalho, onde atua junto com seus colegas humanos. Com acabamento feito de espuma sintética, as pessoas não precisam usar equipamentos de proteção quando estão ao redor. Shawn tem um pensamento elevado acerca do APAS: seja em termos de montagem, carregamento ou paletização, você pode contar com este assistente de escritório.

Essa turnê com Shawn deixou você querendo mais? Aqui você encontra mais informações sobre como a Internet das Coisas atende a requisitos especiais. Essas soluções transformarão a fábrica do futuro em realidade mais rápido do que nosso herói da IoT pode dizer: #LikeABosch.

Indústria 4.0 robotização

Compartilhe isso no: