queimadas Brasil

Queimadas: conheça as causas, consequências e desafios

As queimadas são uma das metodologias de abertura de campo mais antigas da humanidade. Por ser rápido e barato, o método ainda é amplamente aplicado no meio rural, tanto para limpar as áreas de pasto e de plantio quanto para fertilizar o solo. Porém, as vantagens que a prática traz não compensam os seus malefícios, que impactam o meio ambiente e a sociedade.

Em uma época cuja transformação digital é pujante e os conhecimentos acerca do solo são maiores, o investimento em tecnologias modernas na

lida do campo para promover a qualidade de vida da população é crucial. Contudo, uma mudança nesse paradigma favorece, também, a continuidade do próprio agronegócio.

Analisando o panorama atual das queimadas no país e na América Latina, a Bosch traz aqui uma reflexão sobre o uso da terra e apresenta soluções inovadoras para a detecção e o controle de focos de incêndio no campo.

Boa leitura!

Qual é o panorama das queimadas no Brasil e na América Latina?

A despeito dos conhecimentos sobre os ciclos naturais e dos esforços crescentes de pessoas e entidades para uma vida mais sustentável, os biomas brasileiros e sul-americanos são impactados pela ação humana.

Em setembro de 2020, por exemplo, a Amazônia registrou 497.139 focos de calor. Nos países vizinhos que compartilham os biomas, os incêndios ocorrem com a mesma intensidade na Bolívia, no Equador e no Peru. Mesmo com muitos locais já controlados, o monitoramento é usado para evitar que o fogo se alastre.

Além da Amazônia, o Pantanal também foi impactado. Depois de terem sido registrados mais de 16 mil focos em um ano, o mês de setembro de 2020 (até o dia 23) contabilizou 6.048 focos de incêndio na região.

Vale ressaltar que o pico das queimadas costuma acontecer entre os meses de julho e outubro, que é a época mais seca. Elas produzem a poluição atmosférica o que representa um risco para a saúde.

Quais são as principais causas das queimadas?

Os incêndios podem ter diferentes origens. Entre elas estão as reflexões de vidros, as descargas elétricas atmosféricas (raios) e, claro, as causas antropogênicas. Estas são aquelas iniciadas pelo ser humano, de modo casual, programado ou desordenado em quaisquer ocasiões, enquanto as outras geralmente ocorrem em área de vegetação seca.

mata queimada

De maio a setembro acontece o período de seca (que, na verdade, é apenas uma redução significativa da quantidade de chuvas) nos biomas Amazônia, Cerrado e Pantanal. A baixa umidade relativa do ar favorece o início do fogo que, ao encontrar uma vegetação seca, se alastra.

Contudo, os incêndios originados de forma natural normalmente são contidos com facilidade ou cessam quando não encontram mais material orgânico que os alimentem. Diferentemente do que acontece com fogos de ação humana induzidos de forma descontrolada ou intencional, que alcança a copa das árvores e avança em área que sofreu corte raso.

Como mencionado, a prática das queimadas ainda é utilizada pelos produtores para evitar a propagação de ervas daninhas e renovar a pastagem do gado. A estiagem inspira mais preocupação, já que a chance de os incêndios provocados com essas finalidades fugirem de controle é muito grande.

Quais são os prejuízos causados ao meio ambiente e à sociedade pelas queimadas?

queimadas

Os prejuízos para o meio ambiente são incalculáveis, já que comunidades inteiras de animais e plantas correm risco de extinção, tanto por morte direta quanto pela perda de seu habitat. Além disso, as queimadas geram um desequilíbrio no ecossistema, como a alteração do regime de chuvas.

Tomando a importância da Amazônia para a manutenção do clima na Terra, as consequências não são apenas locais, mas globais. Entre os prejuízos diretos à população está a exposição à fumaça e à poluição gerada pelas queimadas, provocando complicações respiratórias e cardiovasculares. Para você ter uma ideia, em 2019 mais de duas mil hospitalizações foram relacionadas às queimadas na Amazônia.

Para aqueles produtores que seguem com as práticas das queimadas por acreditarem que as cinzas adubam o solo, a notícia também não é muito boa: essa fertilização é apenas temporária, não trazendo benefícios duradouros para a pastagem ou para as culturas.

Em muito pouco tempo, o solo retorna aos níveis de nutrientes anteriores ao fogo. Aliás, a perda de nutrientes para a atmosfera é visível, já que nitrogênio, fósforo, potássio, enxofre e magnésio entram em suspensão,

formando a fumaça que avança pelo continente

Outro problema é a perda do bioma original. Depois, para que haja a recuperação, é muito mais complexo e nem sempre é possível fazer com que ela aconteça. Não só a flora é perdida, como também a fauna. Dependendo dos animais ali existentes, pode acontecer a extinção deles. Por isso, o ideal é evitar que as queimadas aconteçam e a Bosch tem trabalhado muito em soluções para minimizar o problema.

Como a Bosch ajuda a resolver esse problema?

A Bosch sabe de todos os prejuízos que as queimadas causam e tem o compromisso de entregar soluções tecnológicas para os mais diversos desafios do campo. Entre elas, está a câmera MIC 7000 HD que, integrada a um software, identifica rapidamente os focos de incêndio em um raio de até 15 km.

Com a capacidade de rotacionar em 360° e fazer movimentos verticais, a câmera visualiza o incêndio em seu estágio inicial e, ainda, apresenta as coordenadas exatas do fogo, o que agiliza a resolução do problema. Além disso, o software distingue a fumaça das nuvens ou da neblina, reduzindo os falsos alarmes.

Além da MIC 7000 HD, a Aviotec é destaque entre os produtos de segurança da Bosch. O equipamento é indicado para prevenção de incêndios em áreas cobertas e hostis, como galpões, armazéns e silos, cuja poeira é altamente inflamável. A câmera identifica chama e fumaça e não perde sua capacidade de funcionamento com a densa poeira, nem com a altura do pé-direito.

A Bosch é uma aliada para quem busca sustentabilidade, trazendo soluções ágeis, seguras e precisas para o campo no combate às queimadas. Se você gostou deste conteúdo e quer ajudar a espalhar essa mensagem, compartilhe o artigo agora mesmo em suas redes sociais!

Conheça um pouco mais sobre as histórias de sucesso da Bosch. Acesse o site e confira tudo o que ela já conquistou e construiu até aqui!

Compartilhe isso no: