Bosch Brasil - sustentabilidade - ondas geradas com gota caindo na agua

Preservando o hoje para o amanhã

Autossuficiência em água industrial contribui com a preservação de um recurso essencial à vida

Tempo de leitura: 5 minutos

Situação da Água no Mundo

Estima-se que 97,5% da água existente no mundo é salgada e não é adequada ao nosso consumo direto nem à irrigação da plantação. Dos 2,5% de água doce, a maior parte (69%) é de difícil acesso, pois está concentrada nas geleiras, 30% são águas subterrâneas (armazenadas em aquíferos) e 1% encontra-se nos rios. Logo, o uso desse bem precisa ser pensado para que não prejudique nenhum dos diferentes usos que ela tem para a vida humana.

Hoje, cerca de 2,2 bilhões de pessoas no mundo não têm acesso aos serviços de água potável gerenciados de forma segura. Ademais, a Organização das Nações Unidas (ONU) estimou 5 bilhões de pessoas vivendo em risco de escassez hídrica até 2050.

A ONU recomenda 110 litros de água para uso diário por pessoa

Sustentabilidade - Bosch infográfico recomendação ONU uso diário de água por pessoa


Reutilização da água: solução viável para o reaproveitamento dos recursos

Além de afetar a vida de habitantes em diferentes partes do mundo, a escassez também é um grande risco econômico. Afinal, a água é um recurso indispensável para qualquer processo industrial. Na Bosch, não é diferente – e o desafio de preservar este recurso natural é cada vez mais latente na companhia, já que 61 das suas unidades no mundo estão em regiões de seca.

Por este motivo, um dos grandes objetivos da empresa é buscar a autossuficiência em água industrial. Para isso, foi implantado com sucesso em uma das nossas maiores plantas no Brasil, localizada em Campinas, uma ação para tratar e reutilizar os recursos hídricos necessários em processos fabris. Isso significa que, por meio de sistemas capazes de reutilizar parte do que é descartado como efluente, é feita a recirculação da água em processos produtivos.

Em paralelo, a água potável das unidades, após ser consumida, é reutilizada na produção fabril ou direcionada até uma estação de tratamento de esgoto.

Além disso, o trabalho também contempla o reaproveitamento da água da chuva: cada pingo é canalizado até um lago artificial, cuja capacidade é de 65 milhões de litros.

Para que o projeto fosse viável, foram realizadas diversas ações de melhoria que garantiram a disponibilidade deste recurso mesmo diante de uma estrutura fabril tão complexa. Além de todo o trabalho de gestão da água em toda a planta, os próprios colaboradores foram treinados e conscientizados em relação ao tema. Em paralelo, a água potável das unidades, após ser consumida, é reutilizada na produção fabril ou direcionada até uma estação de tratamento de esgoto.

Aproveitamento de água na Bosch vai além!

As medidas para reaproveitamento de água na Bosch envolvem ainda demais ações focadas na preservação dos recursos hídricos, como: novos conceitos visuais de redes de hidrantes para facilitar a detecção e correção de vazamentos, bem como a redução da evaporação do sistema de água industrial.

Por meio de todas essas iniciativas, e outras questões que serão implementadas daqui para a frente, a Bosch mostra o seu compromisso em preservar a água em cada uma das suas operações, contribuindo para proteger o meio ambiente para a atual e futuras gerações - além de inspirar a sociedade a fazer o mesmo.

A água na Bosch

Bosch Brasil Sustentabilidade - infográfico uso da água na Bosch - Reutilização


Repense suas atitudes!

Todos nós somos responsáveis por preservar a água e utilizá-la de forma consciente!

Compartilhe isso no: