Ir para o conteúdo principal
Bosch no Brasil

Inteligência artificial para videomonitoramento a serviço da segurança

 Inteligência artificial para videomonitoramento a serviço da segurança

Com a chegada da tecnologia 5G e a promessa de uma alta velocidade de transmissão de dados, o crescimento do conceito de internet das coisas (Internet of Things — IoT) está se tornando uma realidade em todos os setores da vida moderna. Da mesma forma, o sucesso e a produtividade da indústria do futuro podem estar diretamente relacionados à inteligência artificial.

Os sistemas de Vídeo da Bosch contam com uma gama completa de soluções inovadoras de videomonitoramento que vão além das demandas de segurança da atualidade e proporcionam diferentes aplicações que trazem vantagens competitivas aos negócios de setores, como: manufatura, varejo, bancos, transporte, hospitais, edificações públicas, prédios residenciais e comerciais, agricultura, entre outros.

Como funciona o sistema de videomonitoramento?

A atividade é desenvolvida por um sistema de equipamentos que captam as imagens (câmeras) e uma estrutura que permite a transmissão desses dados via cabo IP, em tempo real, para uma central. Os profissionais da unidade de monitoramento são os responsáveis por avaliar as informações e executar qualquer ação necessária.

Observar as imagens ainda é a maneira mais utilizada para evitar riscos. Contudo, as câmeras Bosch possuem 14 regras de inteligência artificial, que permitem que a observação constante de imagens seja desnecessária.

É possível programar todas as ações que precisam de atenção como ocorrências de objeto deixado, objeto retirado, cruzamento de barreiras, estacionamento proibido, permanência prolongada, etc.

Os sistemas de Vídeo da Bosch contam com uma gama completa de soluções inovadoras de videomonitoramento que vão além das demandas de segurança da atualidade e proporcionam diferentes aplicações que trazem vantagens competitivas aos negócios de setores, como: manufatura, varejo, bancos, transporte, hospitais, edificações públicas, prédios residenciais e comerciais, agricultura, entre outros.

Quando se fala de uma tecnologia que monitora os eventos, indo além da simples reprodução das imagens, a IA é a base do processo. Nesse caso, o sistema recebe e organiza as informações 24 horas, de acordo com parâmetros preestabelecidos pelo responsável, e ainda pode ensinar novos parâmetros, por meio do Machine learnig.

Só depois que o gerenciador de vídeo identifica uma ocorrência é que o operador é avisado. A partir desse momento, um usuário poderá averiguar as imagens e tomar as medidas necessárias para solucionar a demanda.

Todas as câmeras da Bosch vem com recursos de análise de vídeo por padrão, sem custos adicionais. Capazes de monitorar as informações em tempo real e identificar situações de alerta. Dessa forma, uma equipe de segurança e vigilância, por exemplo, pode agir antes que a situação ocorra.

Como é o sistema de videomonitoramento da Bosch?

As linhas de câmeras Bosch são equipadas com IA integrada. Alguns dos equipamentos ainda contam com a função Câmera Trainer — desenvolvida sob o conceito de machine learning —, para incrementar a captura de dados a partir de tecnologias personalizadas.

Com o objetivo de aprimorar o sistema de segurança, os produtos podem ser conectados a vários tipos de softwares de gerenciamento de dados e a outros hardwares, como: alarmes de intrusão, controles de acesso e sistemas de incêndio.

Os recursos de IA permitem interpretar imagens capturadas por meio dos metadados

gerados e, com isso, converter dados de vídeo contextuais e comportamentais em insights. Dessa forma, é possível construir soluções preditivas que permitem aos usuários antecipar imprevistos, podendo, inclusive, impedir que eles ocorram.

A Bosch também disponibiliza soluções em softwares AIoT (Inteligência Artificial e Internet das Coisas), permitindo, assim, a consolidação dos dados de vários sensores. Dessa forma, os usuários podem tomar decisões utilizando recursos como Intelligent InsightsBVMS e In-Store Analytics de forma rápida, intuitiva e confiável.

Qual é a relação do sistema de videomonitoramento com IA e a produtividade?

Com o avanço da inteligência artificial, a tecnologia consegue reconhecer padrões e realizar previsões de forma autônoma, sem que seja necessária a supervisão humana constante. Isso permite que a intervenção seja feita de forma estratégica e precisa, quando o operador é notificado pelo próprio gerenciador de vídeo.

Por meio de um sistema inteligente, é possível fazer as correções necessárias de forma contínua, para que a produção se ajuste de acordo com a demanda. A possibilidade de monitorar os processos 24 horas por dia, ininterruptamente, permite que o desempenho seja ampliado, otimizando a operação.

Quais são as outras vantagens do videomonitoramento com IA?

Ao utilizar a inteligência artificial em sistemas de videomonitoramento, amplia-se o alcance das operações em tempo integral. Confira as principais vantagens!

Segurança

Segurança Videomonitoramento

Nos casos voltados para segurança patrimonial e vigilância, é possível conseguir bons resultados em monitoramento de ambientes e de atitudes suspeitas a partir da análise de vídeos.

As câmeras MIC modernas — equipamentos com microfone integrado — possibilitam a análise de vídeo baseada em rede neural profunda e empregam recursos de machine learning com o objetivo de personalizar as aplicações dos softwares e ampliar a eficiência do sistema.

Combate a incêndio

Combate a incêndio videomonitoramento

Outra tecnologia que se beneficia do uso de IA e utiliza os recursos de vídeo é o sistema com foco na detecção de incêndio por imagem. Essa solução da Bosch (Aviotec) foi desenvolvida para aprimorar, principalmente, a vigilância feita em edificações amplas e com pé-direito alto, como hangares, armazéns e aeroportos, mas não está restrita a elas.

Com o uso da IA, o sistema pode detectar qualquer chama ou fumaça nas imagens de vídeo para identificar se elas têm características físicas de fogo, o que torna a detecção mais confiável, prematura e com menor índice de alarmes falsos. Os detectores convencionais, que ficam instalados no teto das edificações, acionam o alarme apenas quando a fumaça chega até eles.

Indústria 4.0

A empresa desenvolveu um sistema para controle de qualidade interno que se tornou um de seus grandes cases de sucesso. Foram criados alertas para indicar quando uma caixa de produto não estivesse com todos os itens necessários e, dessa forma, evitar risco de devolução.

O processo de desenvolvimento do sistema contou com a funcionalidade Câmera Trainer, para identificar as peças, aliada a uma regra de alarme de Analítico de Ocupação e a um script personalizado para a automação do processo. 

A inteligência artificial e o videomonitoramento serão os pilares da produtividade na indústria 4.0. Talvez ainda seja preciso percorrer um longo caminho, mas a velocidade com que esse trajeto tem sido feito está cada vez maior!

Cidades inteligentes

Com a expansão do 5G e do uso de soluções tecnológicas baseadas na internet das coisas (IoT), na inteligência artificial (IA) e no videomonitoramento, será possível construir um novo conceito de cidade mais inteligente e eficiente.

Toda essa tecnologia inclui recursos avançados para análise de imagens com foco em quatro pilares:

⦁ Segurança e Proteção do Cidadão;

⦁ Gerenciamento Inteligente de Tráfego;

⦁ Sistema de Transporte Inteligente;

⦁ Gerenciamento Inteligente de Estacionamento.

Interessado nas soluções Bosch para o AIoT?

Compartilhe isso no: