Ir para o conteúdo principal

Já pegou a sua eBike?

Bosch - Já pegou a sua eBike?

Você já deve ter gastado boa parte dos seus dias no trânsito, seja em um congestionamento ou na busca pela vaga perfeita para estacionar. Por conta disso, provavelmente, já considerou alternativas para driblar essas situações, como utilizar as bicicletas como meio de locomoção.

Saiba que essa linha de raciocínio é uma tendência: por oferecer praticidade e promover saúde e qualidade de vida, as bikes — especialmente as eBikes — têm conquistado mais adeptos e, com isso, estimulado mudanças na infraestrutura das cidades!

Qual a importância da bicicleta para a mobilidade urbana?

A sustentabilidade se tornou uma das grandes discussões dos últimos anos. A ideia é adotar práticas que contribuam para a preservação do meio ambiente. Nesse contexto, as bicicletas surgem como um meio de transporte alternativo, que traz muitos benefícios à sustentabilidade, à mobilidade e à saúde física e mental.

Existem muitas iniciativas públicas e privadas para promover esse estilo de vida. Segundo um levantamento feito pela GloboNews, só nas capitais brasileiras, a soma da quilometragem da malha cicloviária era de 3.291 km em 2018 — um crescimento de 133% em comparação ao ano de 2014.

Essa infraestrutura é fundamental para um aumento satisfatório do número de ciclistas nas grandes cidades, e o avanço mostra que empresas e governos já estão atentando para essa importância.

Quais benefícios as bicicletas podem trazer para a cidade e para as pessoas?

Duas pessoas andando de eBike pela cidade

Seja pela praticidade no dia a dia, preocupação com o meio ambiente, realização de uma atividade física ou, até mesmo, para viver novas experiências, adote a ideia de inserir a bicicleta em seu dia a dia. Confira alguns dos benefícios que você pode obter com as pedaladas!

Praticidade e ganho de tempo

Em diversos sentidos, as bicicletas são mais práticas do que outros meios de transporte. Em muitos países, como Holanda, Estados Unidos, Japão e China, elas já são amplamente utilizadas para fugir dos congestionamentos nos grandes centros urbanos, especialmente para percorrer pequenas distâncias.

Qualidade de vida

De diversas maneiras, a bicicleta pode contribuir para a qualidade de vida. Em primeiro lugar, o trajeto até o trabalho ou faculdade, por exemplo, acaba se tornando um momento para exercitar-se.

Assim, uma pessoa com pouco tempo para praticar atividades aproveita o deslocamento para tonificar seus músculos e se manter em movimento. Essas atividades auxiliam na perda de peso e melhoram tanto a circulação quanto a respiração, dando maior disposição para seguir com a rotina.

Os benefícios não são apenas para o corpo. Os exercícios ajudam o cérebro a liberar hormônios que promovem as sensações de felicidade, relaxamento e bem-estar. A melhor irrigação do cérebro ainda ajuda na boa qualidade do sono e no bom humor e reduz as chances de depressão e ansiedade.

A qualidade de vida também fica mais evidente ao fugir dos engarrafamentos das grandes cidades. Em vez de ficar preso no trânsito por horas, quem pedala ganha tempo para cumprir suas atividades. De uma forma geral, cada ciclista contribui para reduzir o caos da superlotação de veículos nos grandes centros.

Conforto

Quem disse que pedalar é sinônimo de cansaço e desconforto? Usar a bicicleta como transporte alternativo pode prover ao ciclista um passeio muito agradável. É possível admirar mais de perto as belezas da cidade e aproveitar melhor o que a região tem a oferecer.

Alguns modelos de bicicleta podem garantir ainda mais conforto na viagem, especialmente em trajetos mais longos. É o caso da eBike! Entenda, abaixo, como ela funciona.

O que é a eBike?

O crescente interesse pelas bicicletas também leva a indústria a inovar e transformar a experiência de pedalar. Um exemplo disso são as eBikes.

A eBike é uma bicicleta que usa um motor elétrico para dar uma força na hora da propulsão. Suas baterias recarregáveis são a fonte da energia necessária para alcançar velocidade..

Além disso, as eBikes tornaram-se mais do que um meio de transporte rápido e prático — elas representam um estilo de vida que utiliza soluções conectadas para tornar o ciclismo ainda mais prazeroso.

Como funciona?

eBike

A Bosch não comercializa, apenas fabrica componentes para e-Bikes, como fabrica componentes para os carros.

Os motores elétricos Bosch para bicicletas ajudam a melhorar o desempenho nos trechos mais exigentes. “Há desde os mais leves, para uso urbano, até os de maior potência, capazes de encarar subidas em áreas de montanha”, explica Mathias Schelp, gerente de marketing e produto da divisão ED da Bosch América Latina.

Mas, para contar com esse recurso durante toda a viagem, a eBike precisa de baterias eficientes, e para isso foram produzidas as baterias Bosch, de grande autonomia, rápido carregamento e design compacto e leve. 

Os computadores de bordo levam o conceito de conectividade para a bicicleta. Além das funções de um bike computer convencional, eles possibilitam que a rota seja checada e alterada em tempo real.

Se áreas íngremes são desafiadoras nas subidas, a história não é diferente nas descidas. Para garantir mais segurança, a Bosch desenvolveu o exclusivo sistema ABS para bikes. 

Por meio de sensores que regulam a pressão aplicada pelas pastilhas de freio, a tecnologia evita que as rodas travem durante a frenagem, o que projetaria o ciclista para frente. O sistema é usado apenas em eBikes, pois requer bateria para funcionar.

Quais as vantagens de ter uma eBike?

Quando comparadas com as bicicletas convencionais, as eBikes saem ganhando em diversos aspectos. Conheça algumas das características que as tornam uma escolha inteligente!

Motor

Os motores fabricados pela Bosch são discretos e se integram perfeitamente à carcaça e ao guidão. Eles facilitam trajetos longos e subidas, exigindo menos esforço nas pedaladas. Assim, você vai ter uma força de propulsão sempre que necessário.

Conectividade

Além de contar com um motor que facilita os percursos mais difíceis, a bicicleta movida a eletricidade também carrega o conceito de conectividade: em seu computador de bordo, o usuário tem a opção de planejar, criar e alterar rotas.

Ainda, é possível conectar a eBike a um aplicativo de smartphone e, com isso, obter dados sobre a corrida em tempo real.

ABS exclusivo

A segurança do ciclista também foi levada em conta. O ABS exclusivo para bicicletas, desenvolvido pela Bosch, evita que as rodas travem durante a frenagem de emergência e que o ciclista seja arremessado para frente.

O sistema ABS fica oculto atrás de um cesto de bagagem na parte dianteira da bicicleta e segue o mesmo princípio do sistema de antitravamento de frenagem dos veículos, melhorando, assim, o mecanismo a disco.

Com todas essas características que aprimoram o conforto, o desempenho e a praticidade, as bicicletas elétricas estão sendo usadas não apenas como um meio de transporte alternativo: elas também são perfeitas para cicloviagens.

O que é e onde praticar o cicloturismo?

Cicloturismo na montanha

Atravessar montanhas, rios e matas com o vento na cara, contornar um parque no qual só é permitida a visitação a pé ou percorrer estreitos caminhos por entre cidades medievais e patrimônios da humanidade — há coisas que só uma bicicleta faz por você. Cada vez mais em alta nas grandes cidades, a bicicleta também virou moda entre turistas para os quais viajar tem de incluir experiências inspiradoras.

O cicloturismo é uma forma de viajar usando uma bicicleta como meio de transporte. Nessa prática, a eBike também é uma boa pedida para quem quer pedalar e experimentar aventuras inspiradoras sobre duas rodas. Dentro e fora do país, há diversos roteiros próprios para as chamadas cicloviagens. Confira algumas dicas!

Vale Europeu — Santa Catarina

Pegue sua mountain bike e explore esse trajeto circular de 300 quilômetros. Com início e término na cidade de Timbó (SC), o percurso interliga nove cidades do Vale do Itajaí (SC) e atravessa uma região marcada pelas culturas alemã e italiana.

Com trechos que abrigam matas, represas e vales, que exigem um bom preparo físico, o trajeto do Vale Europeu, primeiro circuito brasileiro planejado especialmente para bicicletas, pode ser concluído em 8 ou 9 dias.

Rota das Baleias — Santa Catarina

A Rota das Baleias é realizada entre agosto e outubro, época em que as baleias-francas chegam ao litoral catarinense. É uma ótima oportunidade para tentar avistar animais gigantes, que podem chegar ao tamanho de um ônibus. Nesse trajeto de quase 100 km, há diversas paradas de tirar o fôlego, e a eBike vai tornar a viagem mais tranquila, permitindo que você aproveite o lindo cenário.

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros — Goiás

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi criado em 1961 e abrange uma área de 240.611 hectares de cerrado de altitude. Por lá, encontram-se espécies vegetais exclusivas, além de formações rochosas cuja idade ultrapassa um bilhão de anos.

Existem diferentes roteiros para o cicloturismo na região — e todos vão levar você a cenários únicos. Assim, é possível conhecer o cerrado sob diferentes ângulos. Uma das opções é visitar as comunidades quilombolas dos Kalunga. A Engenho II, por exemplo, fica a menos de 30 km de distância da cidade de Cavalcante.

Toscana — Itália

Se você quiser explorar a Europa sobre duas rodas, comece pela Toscana. Com trajetos ideais para gastar horas no pedal, o local é preparado para receber os cicloturistas. São diversos os pontos de parada, albergues e bicicletarias.

Localizada na parte central do país, essa região de belas paisagens merece ser explorada com calma. Entre Montepulciano e a Ilha de Elba, por exemplo, é possível dedicar até 4 dias para percorrer os 140 quilômetros que separam os dois pontos.

Seja para o turismo, seja para fugir do trânsito nas grandes cidades, as eBikes são uma ótima alternativa para promover mais qualidade de vida ao dia a dia.

Se gostou do artigo, continue lendo conteúdos aqui do blog da Bosch e fique por dentro de novas soluções em sustentabilidade e mobilidade!

Transformar a mobilidade é o que nos move!

Transformar a mobilidade é o que nos move!

Interessado nas soluções Bosch para a Mobilidade?

Compartilhe isso no: