Icon--AD-black-48x48Icon--address-consumer-data-black-48x48Icon--appointment-black-48x48Icon--back-left-black-48x48Icon--calendar-black-48x48Icon--Checkbox-checkIcon--clock-black-48x48Icon--close-black-48x48Icon--compare-black-48x48Icon--confirmation-black-48x48Icon--dealer-details-black-48x48Icon--delete-black-48x48Icon--delivery-black-48x48Icon--down-black-48x48Icon--download-black-48x48Ic-OverlayAlertIcon--externallink-black-48x48Icon-Filledforward-right_adjustedIcon--grid-view-black-48x48Icon--info-i-black-48x48Icon--Less-minimize-black-48x48Icon-FilledIcon--List-Check-blackIcon--List-Cross-blackIcon--list-view-mobile-black-48x48Icon--list-view-black-48x48Icon--More-Maximize-black-48x48Icon--my-product-black-48x48Icon--newsletter-black-48x48Icon--payment-black-48x48Icon--print-black-48x48Icon--promotion-black-48x48Icon--registration-black-48x48Icon--Reset-black-48x48share-circle1Icon--share-black-48x48Icon--shopping-cart-black-48x48Icon--start-play-black-48x48Icon--store-locator-black-48x48Ic-OverlayAlertIcon--summary-black-48x48tumblrIcon-FilledvineIc-OverlayAlertwhishlist

Este site utiliza cookies por motivos de funcionalidade, conveniência e estatística. Você pode alterar esta definição a qualquer momento, clicando em “Alterar definições.” Caso concorde com a utilização de Cookies, clique em "Sim, eu concordo".

História da corporação

Muito além de carros 1926-1945

10 minutos de leitura

A Bosch teve que superar a turbulência da crise econômica e as imposições nazistas com força e persistência inovadoras, até a Segunda Guerra trazer novos desafios.

Desenho de uma frigideira, logotipo da Bosch ao fundo

Bomba de injeção diesel — segundo elemento-chave

Após muitos anos no ramo da fabricação, em 1927 a Bosch lança a bomba de injeção diesel, que permanece até os dias de hoje. Essa foi a reação da empresa ao desenvolvimento dos motores a diesel que, ao contrário dos motores à gasolina, não precisavam de um sistema ignição. Inicialmente utilizada apenas em caminhões, a primeira bomba de injeção diesel para carros foi lançada no mercado em 1936.

Uma bomba de injeção diesel para caminhões
Uma bomba de injeção diesel para caminhões
As instalações de Feuerbach como a sede da produção de tecnologias diesel até os dias de hoje. Essa foto mostra um colaborador perfurando uma caixa de uma bomba em 1935.
As instalações de Feuerbach como a sede da produção de tecnologias diesel até os dias de hoje. Essa foto mostra um colaborador perfurando uma caixa de uma bomba em 1935.

Mais cordas para o arco — novos negócios

Uma grande crise no setor automotivo alemão, fez com que a Bosch repensasse seu portfólio de produtos a partir de 1926. Isso inspirou uma combinação de estratégias que tiveram sucesso no passado — a melhoria de produtos e a produção em série, como as ferramentas elétricas e os sistemas de aquecimento de água e empreendimentos totalmente novos, como as tecnologias de rádio e televisão.

O refrigerador da Bosch, lançado em 1933, tinha o intuito de ser acessível o suficiente para que muitas residências o pudessem compra-lo.
O refrigerador da Bosch, lançado em 1933, tinha o intuito de ser acessível o suficiente para que muitas residências o pudessem compra-lo.
Ouvir música na estrada deixou de ser um sonho, quando os engenheiros da Bosch e da Blaupunkt levaram o primeiro auto rádio da Europa para a fase de produção em série em 1932.
Ouvir música na estrada deixou de ser um sonho, quando os engenheiros da Bosch e da Blaupunkt levaram o primeiro auto rádio da Europa para a fase de produção em série em 1932.
A Bosch fundou a unidade de negócio de Termotecnologia em 1932, com a aquisição da Buderus AG.
A Bosch fundou a unidade de negócio de Termotecnologia em 1932, com a aquisição da Buderus AG.

Ferramentas elétricas

Martelete da Bosch em uso (1936)

Máquinas de cortar cabelo e marteletes

Em 1927, o engenheiro da Bosch Hermann Steinhart encontrou um dispositivo em sua oficina de teste que o fascinou imediatamente. O “Forfex” tinha um motor integrado na sua alça e isso abriu inúmeras novas possibilidades. O departamento de Steinhart levou inicialmente o Forfex para a produção em série, antes de desenvolver o conceito para criar as primeiras brocas de marteletes. A equipe utilizou as instalações das fábricas da Bosch como local de teste.

Foto: Martelete da Bosch em uso (1936)

Excelência como aliada — produção com parceiros sólidos

Quase dez anos depois do final da guerra, as vendas no exterior cresceram apenas 34% do total. Os elevados custos de transporte e as barreiras alfandegárias levaram a Bosch a experimentar outras alternativas. Na França, Reino Unido e Itália começava a busca por parceiros para a produção local. Na Austrália e no Japão, empresas parceiras fabricavam produtos sob a licença Bosch. Isso fez com que em 1932, as vendas para o exterior aumentassem para 55%.

Em 1931, a Bosch fundou uma joint venture com a fornecedora automotiva local C.A. Vandervell como uma base de produção em Londres para atender o mercado britânico.
Em 1931, a Bosch fundou uma joint venture com a fornecedora automotiva local C.A. Vandervell como uma base de produção em Londres para atender o mercado britânico.
O representante da Robert Bosch Supply and Service Pty Ltd. em Melbourne, August Hoette, também começou a fabricar velas de ignição na Austrália sob licença da Bosch.
O representante da Robert Bosch Supply and Service Pty Ltd. em Melbourne, August Hoette, também começou a fabricar velas de ignição na Austrália sob licença da Bosch.

FESE

Receptor de televisão doméstico FESE (1938)

Tecnologia pioneira

Em conjunto com o pioneiro escocês da televisão, John Logie Baird, e com as empresas Zeiss Ikon e Loewe, a Bosch fundou a Fernseh AG (FESE) em 1929. Os anos de pesquisa finalmente tiveram importantes resultados. A FESE forneceu os primeiros dispositivos de gravação eletrônicos para os jogos olímpicos de Berlin em 1936 e nesse mesmo ano apresentou os primeiros “receptores de televisão domésticos.” Durante a guerra, a FESE foi comandada com propósitos militares para ajudar a desenvolver uma bomba com uma câmera integrada que pudesse ser controlada remotamente através de uma imagem de televisão. O fim da guerra interrompeu o projeto em sua fase de teste.

Foto: Receptor de televisão doméstico FESE (1938)

Desenho de um trabalhador em uma máquina.

Injeção de gasolina para motores de aeronaves e tecnologia de televisão

Quando os nazistas assumiram o poder, isso também se apresentou como um grande desafio para a Bosch. O regime ordenou a pesquisa e desenvolvimento da injeção de gasolina para motores de aeronaves e iniciou a construção de novas fábricas. A tecnologia televisiva, em particular, tornou-se o foco do interesse militar. As vendas da empresa no exterior atingiram um mínimo de 9% em 1939.

Mesmo se os nazistas adotassem uma política de autarquia econômica, a Bosch continuaria a vender seus produtos em todo o mundo, como por ex.: em Tianjun, na China em 1938.
Mesmo se os nazistas adotassem uma política de autarquia econômica, a Bosch continuaria a vender seus produtos em todo o mundo, como por ex.: em Tianjun, na China em 1938.
Uma bomba de injeção de gasolina no motor de uma aeronave (1941)
Uma bomba de injeção de gasolina no motor de uma aeronave (1941)

Armamento e trabalho forçado

Com o início da Segunda Guerra Mundial, a Bosch voltou suas produções novamente para a produção militar. Os militares naquele momento já estavam tão motorizados, que as atividades automotivas da empresa foram autorizadas a continuar. No caso da indústria alemã, os colaboradores recrutados para o serviço militar foram substituídos por trabalhadores de territórios ocupados, alguns deles obrigados a viver e trabalhar sob condições desumanas.

O processamento de matéria-prima para a produção na fábrica de metais em Feuerbach, 1909. Essa foto mostra os colaboradores fundindo metal leve, em 1942.
O processamento de matéria-prima para a produção na fábrica de metais em Feuerbach, 1909. Essa foto mostra os colaboradores fundindo metal leve, em 1942.
Colaboradoras fabricando bobinas de ignição na fábrica de Stuttgart (1944)
Colaboradoras fabricando bobinas de ignição na fábrica de Stuttgart (1944)

Resistência e proteção aos judeus

Por outro lado, Carl Friedrich Goerdeler, nomeado membro do conselho da empresa, apoiava ativamente a resistência ao regime nazista. Judeus perseguidos também foram empregados com objetivo de evitar a deportação para os campos de concentração ou receberam apoiado financeiro para sua imigração.

Em 1970, o embaixador de Israel Idan Avner (centro) homenageou o gerente da Bosch, Hans Walz (esquerda) com o título de “Honesto entre as nações” em nome do memorial israelita Yad Vashem por seus esforços em ajudar judeus perseguidos durante a Era Nazista.
Em 1970, o embaixador de Israel Idan Avner (centro) homenageou o gerente da Bosch, Hans Walz (esquerda) com o título de “Honesto entre as nações” em nome do memorial israelita Yad Vashem por seus esforços em ajudar judeus perseguidos durante a Era Nazista.

O fim

Durante a guerra, os aliados bombardearam inúmeras vezes as instalações da empresa. Robert Bosch não viveu para testemunhar partes de suas fábricas serem reduzidas a escombros, pois morreu em 1942. Ele deixou orientações claras aos seus sucessores sobre como dirigir a empresa que levava seu nome.

Grandes áreas da fábrica de metais de Feuerbach foram destruídas durante o bombardeio aéreo de 1944. Com isso, aos poucos a produção se mudou para as áreas rurais.
Grandes áreas da fábrica de metais de Feuerbach foram destruídas durante o bombardeio aéreo de 1944. Com isso, aos poucos a produção se mudou para as áreas rurais.
O destruidor bombardeio em setembro de 1944 derrubou a simbólica torre da fábrica da Bosch.
O destruidor bombardeio em setembro de 1944 derrubou a simbólica torre da fábrica da Bosch.